Linda Martins, 18, Salvador. Livros (os que leio e os que escrevo), minimalismo, estudos aleatórios e comida definem minha vida. Em constante evolução. Se você for suficientemente observador, verá que esta bio é diferente da bio do ano passado.

ENTREVISTA
Rudson Xaulin

RESENHA
Um beijo inesquecível

AUTORAIS
Baed

19.7.14

Sobre meus contos, ebooks e livros físicos...

Oláááá!
Então, vocês devem ter percebido que diminuí um pouco a frequência dos posts, em especial, das resenhas do blog, portanto, achei válido criar esse post para dizer a vocês que não, eu não parei de ler, e não, eu também não abandonei o blog, só estou passando por uma nova fase.

Antigamente, a maioria dos livros que eu lia e resenhava aqui no blog eram todos em ebook, eu já estava bem consciente que isso acarretaria certa dificuldade quando eu pegasse um livro físico. Inclusive vou aproveitar o momento para rebater o argumento de alguns que dizem que ebook e livro físico são a mesma coisa. Não são, até pesquisas comprovam isso. Então, estou mais ou menos numa fase de readaptação agora; parei de ler ebooks e agora voltei ao bom e velho livro tradicional. E essa dificuldade apareceu; eu estou muito mais lenta com as minhas leituras do que antes, mas, acalmem-se, estou me acostumando.


Eu fiquei praticamente um ano inteiro escrevendo o conto Fúria, que teve duas temporadas e mais de trinta capítulos. Eu estava tão apegada a essa estória, pelo tempo que passei escrevendo-a, que precisei de um tempinho para bolar outra e mergulhar em um novo conto. Comecei a escrever "Calibre 11" que no final das contas acabou sendo cancelado, porque eu acabei me perdendo no enredo, saindo de foco, enfim... minha cabeça ainda estava no Fúria.

O que aconteceu foi que eu parei de escrever C11 e voltei para a reescrita de um livro que fiquei trabalhando por uns três anos; eu já estou quase terminando o que eu espero ser a última das quatro reescritas que já fiz dele, e sinceramente, estou gostando muito do resultado. Quem sabe um dia desses eu publico?

Durante esse período de talvez um ou dois meses, tive a ideia de reescrever (sempre reescrevendo coisas...) o cancelado Calibre 11, porém com uma roupagem diferente, personagens diferentes, praticamente tudo diferente, somente o cenário que ficou intacto. Fiquei uns tempos sem internet, fiz projetos (vide post sobre html), e voltei a escrever contos, inclusive já até postei os dois primeiros capítulos dessa nova versão que se chama "Tormenta" na página de contos, vou até deixar o link no final do post. Enfim, todo esse falatório dá a impressão de que 2014 tem sido um ano bem corrido, mas no final das contas, esse tem me saído um ano bem tranquilo e agradável.

Confira a página do conto Tormenta aqui!